A história da sara

Sara é muito simpática e agradável no início da entrevista para nos contar a sua experiência na Holanda.

Ela escolheu este país para viver a aventura por várias razões. No início, pensou em ir para a Alemanha, mas as agências que encontrou não lhe deram confiança suficiente para tomar a decisão.

Na Internet encontrou a TenS Holanda, e depois de ler as críticas, decidiu publicar em vários grupos do Facebook compostos por espanhóis na Holanda. Ela publicou uma mensagem procurando opiniões sobre a agência e muitos candidatos que lá estão disseram-lhe que estavam satisfeitos e receberam um bom tratamento por parte da agência.

Isto foi fundamental para a Sara decidir viver esta aventura connosco.

Tudo isto aconteceu há 3 anos, depois voltou para Espanha e há quatro meses decidiu que tinha de viver novamente a mesma experiência.

Os seus objectivos sempre foram: crescer economicamente, melhorar a língua e viver a experiência.

 

Hoje, confirma que chegou com zero de inglês e agora fala-o fluentemente todos os dias. Está também a tentar aprender holandês, embora reconheça que é complicado e, de momento, está a apanhar palavras.

Vive agora em Waalwijk onde é muito feliz, e embora tenha gostado muito do primeiro ano, diz que este ano está a correr ainda melhor. Começou a viver em Hoeven, onde ainda tem muito bons amigos, mas quando mudou de emprego, mudou-se para Waalwijk.

Na frente do emprego, a Sara está muito feliz. Ela começou numa empresa onde também não se sentia muito motivada, mas depois oferecemos-lhe uma mudança para outra empresa e ela não podia estar mais feliz com a mudança. Agora, ela vai trabalhar todos os dias com a sua amiga Laura (entrevistada acima).

 

Conduzem para o trabalho, mas depois ela usa uma bicicleta para fazer as compras e deslocar-se pela cidade. 

Nos seus dias de folga, Sara diz-nos que fazem churrascos com os amigos, vão às compras ou simplesmente vão beber um copo ao centro da cidade.

Em suma, ela confirma que se adaptou muito rapidamente ao país e à sua cultura, que não pensou em regressar a Espanha durante algum tempo e que recomenda sempre esta experiência aos seus amigos, com os quais teria o maior prazer em partilhar esta aventura.

 

Agradecemos muito a sua disponibilidade para fazer esta entrevista e esperamos que tudo continue a correr bem.

Recommended Posts